4.16.2013

Fevereiro chegou... post que deveria ter sido feito em fev/2012


Fevereiro chegou e o dia em que a minha vida vai mudar definitivamente está cada vez mais próximo.

Não bastaram as lágrimas de tristeza de uma perda, as lágrimas de alegria pela nova chance de uma vida, os olhos brilhando ao contar a novidade para os amigos, as noites em claro velando a minha semente crescendo, o orgulho ao me pronunciar papai para quem eu pudesse, muito menos as noites no quarto ao lado por causa dos enjôos da tua mãe.

Não bastou pra mim dividir as alegrias e esconder as tristezas, compartilhar os segredos e planos pro futuro, sonhar, rabiscar, satisfazer desejos, atender pedidos, cuidar, zelar, dar carinho, cantar para uma barriga, conversar com uma barriga, idealizar um rostinho, um jeitinho. Eu sempre senti que era preciso mais. Ainda assim, não foi suficiente acompanhar todos os sites de gravidez, baixar aplicativos pro celular, pesquisar, acompanhar todas as visitas da tua mãe ao médico, chorar na tua primeira ultrassom, chorar de novo ao te ver formado e perfeito no útero.

De nada adiantaram meus sorrisos quando te senti mexer na barriga, quando ganhastes teu primeiro par de sapatinhos, quando os amigos te encheram de presentes. Também não foi suficiente arrumar o teu quartinho, sonhar acordado ao lado do teu berço e imaginar o dia que você chegaria.

Não, meu filho! Nada disso será capaz de mudar tanto a minha vida, quanto o momento tão próximo que está chegando, em que eu irei te segurar nos meus braços pela primeira vez. E ainda neste momento, esteja certo de que nada foi ou será forte o bastante para esgotar todo o amor que eu sinto por você.

Bem-vindo, Rodrigo Bellini!

Sobre Redes Sociais, Babel, Sócrates, Einstein, Gessinger, Licks e Maltz

Porque é multifacetada no mundo virtual, a mesma informação que poderia libertar a criatura, a coloca no calabouço da ignorância eterna. Aqui, não existe a verdade, mas a conveniência. Acredita-se naquilo que lhe apraz. Se a Babel bíblica era construída sobre tijolos, a moderna se edifica em bits e bytes. 

A verdade, que a filosofia tanto lutou para que levasse as pessoas ao autoconhecimento, à sabedoria à prática do bem, na internet é disponibilizada no varejo e encontra público certo. Nunca a frase de Einstein "Temo o dia em que a tecnologia se sobreponha à humanidade. Então o mundo terá uma geração de idiotas" esteve tão clara. Hoje, ter conheciento pode significar ter ee estar no poder ou ser totalmente submisso a ele. 

A chave está tanto na fonte de informação que gera esse conhecimento quanto internalização e na aplicação prática daquilo que foi compreendido. 

Em tempos de Facebook, não são apenas Fidel e Pinochet, mas também Obama, Maduro, Lula, Dilma, Malafaia e Willys, Feliciano, Renan, Eike e FHC que acabam tirando sarro de você que não faz nada...

2.09.2011

O primeiro dia do resto de nossas vidas

Não sei exatamente o motivo, nem se existe uma explicação convincente pra isso, mas acho que todo mundo fica meio diferente quando a data do seu aniversário se aproxima. Quem aí não fica ao menos um pouquinho mais pensativo e faz um apanhado geral do que foi a sua vida até agora? Bom, se vocês não fazem isso, eu faço.
É como se rolasse uma retrospectiva, com todos os momentos da sua vida e com uma fidelidade de fatos que dificilmente poderiam ser contados por uma pessoa melhor do que você. Não pra menos. Você é ninguém mais, ninguém menos que o roteirista, o diretor e a estrela principal desse filme. Da sua vida. E essa tal vida, pode até não parecer, passa rápido demais. Na verdade, ela voa!

Acho que quase sempre estamos tão ocupados e preocupados em viver, que não somos capazes de perceber tudo aquilo que vivemos num dia, num mês, num ano, numa vida.
É fantástico como a nossa mente pode nos fazer viajar no tempo instantaneamente.

Apenas um flash, e eu me recordo de todos os meus brinquedos, da primarada, das brincadeiras na rua, o futebol de botão, mamãe me arrumando pra ir à escola, da ansiedade na noite de Natal à espera dos presentes, do sorvete diário com meu pai na volta da escola, da vitrola tocando, do pão com ovo na lancheira na hora da merenda, do sagrado e divertido banho de chuva no meio da rua, de andar descalço e brincar com os cachorros no quintal, de voltar pra casa todo “ralado” após as quedas de bicicleta, da “manja” ou “barra-bandeira” no meio da rua, de ficar trancado no quarto apanhando pra aprender a tocar violão, da garota mais bonita da rua, do frio na barriga com primeiro beijo, de ir pro cinema com a namoradinha, das aulas de inglês, de ficar de recuperação pela primeira vez na vida, do medo de trazer o boletim vermelho pra casa, do primeiro diploma, de mudar de escola, de ficar na rede vendo e ouvindo a chuva pela janela, de ficar com a cara enfiada nos livros, das “peias” que levei de meu pai e minha mãe, do primeiro show com a banda na escola, da primeira de tantas namoradas, da primeira transa, de experimentar cigarro e odiar, do primeiro de tantos porres, do busão lotado indo pra faculdade bem cedinho, dos meus melhores amigos, do futebolzinho no sábado, dos lugares que trabalhei, de todas as viagens pelo mundo, do sítio em janeiro, de pular do barranco pro rio, de pescar, de não ganhar nada nas quermesses e bingos das festas juninas, dos parquinhos e suas rodas gigantes, de todas as felicidades que o amor trouxe, de todas as tristezas que o amor trouxe, das pessoas incríveis que conheci e nunca esquecerei, de cantar, de ficar à toa vendo filmes, das baladas, dos encontros, dos desencontros, eu tudo que tive fé, em todas as coisas que me desiludiram, nas grandes mudanças, nas pessoas que confiei e me traíram, no Flamengo sendo campeão, de passear nos parques, de chorar sozinho no escuro, de pular de felicidade, de gritar de raiva, de ver a neve pela primeira vez, de ter uma empresa, de ganhar prêmios, de ficar falido sem um tostão, de cair, levantar e seguir em frente, de casar com a minha esposa linda, de comprar uma casa, de mudar, de querer, de sonhar e seguir...

É, queridos... A locomotiva do tempo não para. Apenas aporta momentaneamente em algumas estações, mas invariavelmente, sempre segue em frente. Quanto a nós, passageiros, nos resta aproveitar, e muito bem, essa jornada chamada vida que, com todos os seus momentos, é a coisa mais fantástica que o ser humano pode experimentar. Façamos então, cada dia, ser o primeiro do resto de nossas vidas.

4.13.2010

O ensaio apológico do beijo


Apesar das referências mais antigas sobre o beijo, datarem de 2.500 a.C. em esculturas nas paredes dos templos de Khajuraho, na Índia, tenho a sensação de que desde que mundo é mundo existe o beijo. Por que? Simples. Beijar é bom que só. Vai dizer que não é?

Beijar é muito mais do que a gente pensa. É usar os nossos sentidos. Todos eles de uma só vez. É ver a pessoa que beijamos, é sentir o seu cheiro, o seu gosto e sentir o toque dos lábios e da língua, sem falar das mãos, da pele...

O beijo é uma manifestação dos nossos sentimentos e revela muita coisa. O calor da paixão, a segurança do amor, a serenidade da afeição, e também a indiferença de uma iminente separação entre duas pessoas.

Nada melhor do que beijar e ser correspondido. Sim, porque beijo de verdade tem interação. Nele, rola uma sintonia, uma química que faz o coração bater um pouco mais rápido e forte, que faz a respiração faltar e é capaz até mesmo de fazer o tempo parar. Um minuto que dura toda a eternidade. Assim é um beijo sincero. Deixa marcas profundas na mente e provoca, de novo, as mesmas sensações quando lembrado.

Durante um beijo, é fundamental deixar fluir. Ouvir as melodias, os compassos que marcam a parte que cabe a cada um dos que se beijam. Como uma dança, como uma sinfonia. Beijo é movimento, é entrega, é doação. Beijar é se desprender, é sair do corpo e ser completamente dominado por uma sensação de "querer mais". É fechar os olhos e ainda assim enxergar. É escutar os sussurros mais sutis da alma alheia e voltar pra casa anestesiado, flutuando, como uma bolha de sabão, livre, leve e solto... ao sabor do vento.

É... deu até vontade de beijar...

Pra mim, ainda falta a pessoa, falta a química...
Ah! Pra você, não!? Então vê se beija logo!
Eu não perderia nem mais um segundo se fosse você.

3.08.2010

Por causa de ti, mulher...

Agradeço tua dor, a dádiva divina para que minha jornada neste mundo fosse possível.

Conheci, ainda pequeno, o que é o amor na sua forma mais pura.
Aceitei e arrependi-me de meus erros graças à tua sempre branda ternura, mesmo nos momentos em que precisastes calar-me com tua voz.

Contemplo a beleza dos pequenos momentos da vida, como o vento soprando nos meus cabelos e o calor do sol no meu rosto.
Compreendi que mostrar carinho por alguém nunca tirou e nem vai tirar pedaço nenhum de quem quer que seja.

Enxerguei que por trás da minha faceta de homem forte, a tua natureza também se faz presente e atuante equilibrando o todo do meu ser.
Contemplo todo dia o céu estrelado e não me envergonho nem um pouco de disso.
Conheci o aroma das rosas e das mais lindas flores do campo.

Aprendi como é possível sorrir quando se está triste, e chorar quando se está alegre.
Meus olhos podem contemplar a mais pura essência da beleza em todas as tuas curvas e o mais doce aroma da natureza em teus lábios.

O tempo é desafiado a parar, de súbito, fazendo as horas se arrastarem e um minuto ser eterno.
Reconheço-me um menino diante do que me causas, entregue em teus braços, deitado em teu colo, perdido em teus beijos.
Percebi que existe dentro de cada um de nós, uma força capaz de suportar a tudo, a dor e ainda assim, continuar a mover o mundo.

Músicos, artistas, poetas e escritores, todos homens como eu, são capazes de extrair de um coração masculino feito de pedra, ao menos uma gota de emoção, que seja.
Condenado estou a venerar-te enquanto meus pés caminharem pela terra , a cada respiração exaurida até o fim dos meus dias.
Descobri que Deus existe sim, e tu, mulher, és a prova defintiva.

Feliz Dia da Mulher...

E que todos celebremos, não apenas hoje,
mas todos os dias, a tua graça.

2.09.2010

A Paixonite e seus sintomas

A paixão é sintomática, não acham? Cheia de sinais, de dicas.

É tão fácil e óbvio saber quando estamos apaixonados, e mesmo assim, sem nenhuma justificativa plausível, vivemos a negar, terminantemente, o fato.

É curioso, mas basta perceber que nunca antes passamos tantas vezes por perto de onde ela mora; que nunca encontramos tanto pretexto pra falar no nome dela em qualquer conversinha boba; que passamos a andar por lugares nunca antes freqüentados, só pra correr o risco de esbarrar com ela; que gastamos horas na frente do computador conversando com ela no MSN e que chegamos a esgotar a paciência dos amigos ouvindo aquela música que é a “cara” dela. Traçamos planos. Arquitetamos formas de poder ter uma pista, ou qualquer coisa que a gente possa saber se ela sente o mesmo, se está na nossa.

É... A “paixonite” abobalha as pessoas, e ninguém está imune a isso. Nem adianta querer fugir... Por mais durão que você seja, acaba amolecendo por causa da paixão. E você entrega que está apaixonado pra todo mundo. Com a família e os amigos mais próximos, então... Batata! Só de te olhar, sabem que você está caidinho por alguém. Sua mãe, só pelo tom da tua voz vai dizer: “Hummm... Como é o nome dela?” Seu melhor amigo vai saber que você está apaixonado, só porque no dia daquele jogo de futebol que vocês haviam combinado de ver juntos, você preferiu ficar em casa “lendo um livro”. Mentira? Que nada!

Quando se está apaixonado, as coisas passam a ter a cara da paixão, e você, é transportado para outro plano mesmo estando de corpo presente em todos os lugares de sempre. Pensamentos ficam mais distantes, a voz fica mais mansa, o olhar fica mais tranqüilo e você dá muitos e muitos suspiros depois de ter tido muitos e muitos pensamentos.

E sabe de uma coisa muito engraçada que acontece também? Alguém vai te pegar, em algum momento, de olhos cerrados e fazendo careta, pra tentar lembrar um mínimo detalhe que te traga na mente o olhar e o sorriso dela. Seu chefe, talvez seja o único que não gostar desse seu “momento apaixonado”. Rrsrs... Sim, porque você vai passar horas na frente do computador, dos papéis e sua produtividade é impedida de atuar porque você tem “coisas mais importantes pra se preocupar”...

A paixão, como Einstein, desafia as leis da Física. Reparou que o tempo se arrasta quando você está longe, e voa, quando você está perto? Então, meu amigo! Deixa de besteira e trata de se assumir apaixonado, rapaz! No final você vai ver que vale a pena.

Além do quê, como diz o Leoni em uma de suas canções: “Nada protege de uma paixão. Nos seus braços, sempre me esqueço de tempo e espaço. E no fim, tudo é relativo, quando te fazer feliz, me faz feliz”.

Pra quê negar uma paixão? Ao contrário, viva-a, e permita que ela lhe tome conta. Afinal, temos tão pouco tempo pra perder nessa vida e apaixonar-se é uma das melhores coisas que se têm a fazer.

Palavra de quem está aproveitando a vida... E apaixonado, por que não? Só se sabe tentando...

10.29.2009

APAIXONE-SE POR UM GRANDE HOMEM



Por pura falta de tempo, por causa do trabalho, por questões técnicas e por reconhecer a minha dívida com vocês, leitores do Blog, resolvi dar um Control-C Control V, num texto muito bacana que recebi por email. O conteúdo corresponde 100% à minha opinião. É algo que sempre coloco em debate e algo em que acredito. Em outras palavras, podem ler que esse texto eu certamente gostaria de ter escrito. Boa diversão e aguardo comentários. Passado o sufoco aqui no trabalho, estarei postando com mais regularidade. Prometo.


APAIXONE-SE POR UM GRANDE HOMEM (Autor desconhecido)

"Nós, homens, nos caracterizamos por ser o sexo forte,
embora muitas vezes caiamos por debilidade.
Lembro que um dia, minha irmã chorava em nossa casa..
Com muita saudade, observei que meu pai chegou perto
dela e perguntou o motivo de sua tristeza.

Escutei-os conversando por horas.
Lembro-me especialmente de uma frase que meu pai lhe
disse naquela conversa e que me enche de força a cada manhã.
Meu pai acariciou o rosto dela e disse:

“Minha filha, apaixone-se por Um Grande Homem
e nunca mais voltará a chorar".

Depois disso, perguntei-me inumeras vezes qual seria
a fórmula exata para chegar a ser esse grande homem e
não me deixar vencer pelas coisas pequenas..

Com o passar dos anos,descobri que se todos nós homens
lutássemos por ser grandes de espírito, grandes de alma
e grandes de coração, o mundo seria completamente diferente!

Aprendi que um Grande Homem... não é aquele que compra
tudo o que deseja, porque muitos de nós compramos com
presentes a afeição e o respeito daqueles que nos cercam.

Meu pai lhe dizia:

"Não se apaixone por um homem que só fale de si mesmo,
de seus problemas, sem preocupar-se com voce... Enamore-se
de um homem que se interesse por voce , que conheça
suas forças, suas ilusões, suas tristezas e que
a ajude a superá-las.

"Não creia nas palavras de um homem cujos atos dizem o oposto.
Afaste de sua vida um homem que não constrói
com você um mundo melhor ... Ele jamais sairá do seu lado,
pois você é a sua fonte de energia..

Foge de um homem enfermo espiritual e emocionalmente.
É como um câncer, matará tudo o que há em voce
(emocional, mental, física, social e economicamente).

"Não dê atenção a um homem que não seja capaz de expressar
seus sentimentos, que não se ame saudavelmente.
Não se agarre a um homem que não seja capaz de reconhecer
sua beleza interior e exterior e suas qualidades morais.

Não deixe entrar em sua vida um homem a quem tenha que
adivinhar o que quer, porque não é capaz
de se expressar abertamente.

Não se enamore de um homem que ao conhece-lo, sua vida
tenha se transformado em um problema a resolver
e não em algo para desfrutar”.

“Não creia em um homem que tenha carências afetivas
de infância e que trata de preenche-las com a infidelidade,
culpando-a, quando o problema não está em voce,e sim nele,
porque não sabe o que quer da vida,
nem quais são suas prioridades”.

Por que querer um homem que a abandonará se voce não
for como ele pretendia, ou se já não é mais “ útil ”?…

Por que querer um homem que a trocará por um cabelo ou
uma cor de pele diferente, ou por uns olhos claros,
ou por um corpo mais esbelto?

Por que querer um homem que não saiba admirar a beleza
que há em voce, a verdadeira beleza… a do coração?

Custou-me muito compreender que GRANDE HOMEM
não é aquele que chega no topo, nem o que tem
mais dinheiro, casa, automóvel, nem quem vive rodeado
de mulheres, nem muito menos o mais bonito.

Um grande homem é aquele ser humano transparente,
que não se refugia atrás de cortinas de fumaça,
é o que abre seu coração sem rejeitar a realidade,
é quem admira uma mulher por seus alicerces
morais e grandeza interior.

Um grande homem, é o que caminha de frente,
sem baixar os olhos; é aquele que não mente,
embora às vezes perca por falar a verdade… e sobretudo,
um grande homem é o que sabe chorar sua dor sem fugir dela…
Um grande homem é o que cai e tem a suficiente
força para levantar-se e seguir lutando…

Hoje minha irmã está casada e feliz, e esse
Grande Homem com quem se casou, não era nem o mais popular,
nem o mais solicitado pelas mulheres,
nem o mais rico ou o mais bonito.

Esse Grande Homem é simplesmente aquele
que nunca a fez chorar… é quem no lugar
de lágrimas lhe roubou sorrisos…"

7.14.2009

11 Dicas



Bom, hoje é uma reedição de um post que li no blog papodehomem.com.br (que não reflete, vale dizer, necessariamente, a minha opinião.
Lá ele dá 11 dicas de como ser um bom namorado (no masculino mesmo, e extremamente machista) mas eu acho sinceramente que esse post deveria ser “11 dicas de como se comportar bem num namoro”, por isso, fiz as devidas interpretações e ajustes. Enjoy!

1. Aprenda a escolher
Não deixe que seu tesão ou sua falta de opções melhores façam com que você entre num relacionamento com uma pessoa problemática. Entenda-se por problemática, alguém excessivamente ciumenta, controladora ou sacana. Alguém que dá mole até para seu(sua) melhor amigo(a).
Não esqueça, logo no primeiro mês ou até na primeira semana, o outro já sinaliza quem é e como vai se comportar com você. Ignorar esses pequenos sinais é pedir pra se dar mal e sofrer as consequências no futuro.

2. Não esqueça ou abandone seus amigos
Tem gente que simplesmente decide se o Dalai Lama quando começa um relacionamento.
Não cometa o erro de ter o outro como prioridade única e absoluta na sua vida, deixando o resto do mundo de lado. No início, sua dedicação vai parecer uma coisa linda, mas com o tempo a coleira aperta. É exatamente isso que acontece quando se sabe que o outro está agindo feito um cachorrinho de estimação.
Jamais deixe seus amigos de lado. Amigos são para toda a vida, já um relacionamento pode não ser.

3. A internet, o telefone e seu namoro
Nada de MSN e ORKUT para ficar conversando horas com seu amor. No máximo, mande recados apimentados ou algo que valha a pena. Você pode até usar esses recursos durante a conquista, mas depois, deixe claro que você tem outras ocupações na vida.
Conversas no MSN costumam ter momentos onde realmente falta assunto ou que acabam levando a discussões sobre a relação, e fazer uma DR online, pode ser algo bastante desagradável.
Por favor, esqueça aqueles emails com mensagens de Powerpoint ou declarações de amor aleatórias. Nada substitui uma conversa olho no olho, frente a frente ou pelo telefone. E se usar o celular, faça as ligações objetivas. Seja carinhoso(a), mas não banque o(a) adolescentezinho(a) mimado(a) fazendo aquela voz ridícula de neném e comendo "L" igual o Cebolinha. No fundo, ninguém gosta disso.

4. Esteja preparado(a) para terminar a qualquer momento
Não quer dizer que você é frio(a) e desalmado(a). Apenas que você tem coragem para saltar quando chegar a hora, mesmo que não saiba onde vai pousar. Significa ter força o suficiente para terminar seu namoro, mesmo estando completamente apaixonado. Se o outro agiu de forma a desrespeitá-lo(a) ou humilhá-lo(a), não aceite sob hipótese alguma!
O preço por continuar um relacionamento com uma pessoa que te tratou mal é muito alto. Ao abrir mão de parte de seu orgulho próprio ou sua dignidade, você se torna um “leão manco”.
Nunca mais será respeitado da mesma maneira. E garanto a vocês que o relacionamento irá entrar numa espiral descendente, com um desfecho nada bonito.
Não preciso e nem vou especificar o que significa desrespeito. Cada um tem sua própria balança. Apenas, peço que não fujam da raia quando o momento pedir essa atitude.

5. Não permita que as discussões durem mais do que 15 minutos
Essa não é uma regra inflexível. O número é apenas para deixar claro que discussões não devem se prolongar indefinidamente. É crucial manter a objetividade e definir o momento de encerrar o debate.
As lógica masculina e feminina são completamente distintas, especialmente quando o assunto é o relacionamento.
À medida que uma discussão se prolonga, a tendência é puxar assuntos desconexos ou não-relacionados com o “xis” da questão, transformando rapidamente a conversa numa briga sem qualquer propósito definido. Além de um configurar o outro como culpado de uma série de crimes inafiançáveis.

6. O poder do contraste
Seja imprevisível. Calmo(a) e carinhoso(a) num momento, forte e sexualmente incontrolável em outro. Faça isso sem demonstrar descontrole. Apenas deixe claro que você é uma pessoa de muitas camadas, de quem o outro não deve esperar um comportamento previsível.
Aja normalmente durante a semana e no sábado mude as coisas, sem aviso prévio. Faça com que o outro tente decifrá-lo, sem na verdade nunca conseguir entender você totalmente. Isso é um ingrediente infalível numa relação.

7. Crie uma marca pessoal
Há inúmeras maneiras de se ter uma marca pessoal. Basicamente é algum hábito seu. Um carinho especial, um beijo diferente que só você sabe como dar, coisas do tipo. Garanto que o outro vai curtir e se lembrar disso por muito tempo, mesmo que não estejam mais juntos.

8. Saiba conduzir e ter atitude
Tenha planos, saiba aonde ir e como chegar. Estou falando não somente de restaurantes e saídas do fim de semana, mas da vida como um todo. As pessoas gostam de sentir-se seguras com as outras. As mulheres, sobretudo, anseiam por homens confiantes e seguros. E os homens, gostam de ver mulheres com atitude.
Então, ao invés de perguntar demais o que o outro quer, surpreenda-o e decida por sua conta. Do filme que vão ver ao lugar que vão jantar, tudo pode ser uma grata surpresa no quesito atitude.

9. Não leve nada a sério demais
Lembram do conselho número 5? Então, quando surgir o prenúncio da próxima tempestade, encurte o roteiro com um mega-super-hiper beijo daqueles de cinema. Se rolar, vai emendando umas carícias quentes, enquanto ressalta que adora ver aquela cara de “mau”. Isso vai deixando o clima cheio de tesão e acaba numa coisa muito melhor do que discussão.
Se não colar, diga que não quer esticar a discussão e que acha melhor vocês continuarem a conversa depois.
Quando não tem jeito mesmo, nada melhor que esfriar a cabeça e retomar as coisas no dia seguinte.

10. Seja fiel a si mesmo
Siga seus valores e princípios do início ao fim do relacionamento. Assim, não importa o modo como vai acabar, se rolou infidelidade, alguma crise ou qualquer outras coisa. A sua estrutura interna e seu auto-respeito foram mantidos. O fim pode até ser dureza, mas é certo que logo você vai estar pronto pra outra.
O que deixa a maioria das pessoas desorientadas após o término de um relacionamento é justamente isso. Elas deixam de ser fiéis a si mesmas e fazem concessões demais, acabam esquecendo quem realmente são. Ao fim da relação, quando não estão mais com a parceria, perdem completamente o seu rumo.

11. Mantenha alguns segredinhos
Para encerrar, esqueça aquela conversa de que o casal não pode ter segredos. Pode sim! O importante é que esses segredos não sejam comprometedores e cabeludos demais. Importante é não ser desonesto com o outro. Segredos, todo mundo tem.
Então, mantenha seus próprios segredos. Isso faz parte do charme, do jogo da sedução. Pois no dia em que uma das partes do casal para de seduzir, é o prenúncio do fim. A sedução nunca acaba. Por isso, tenha sempre cartas na manga, o mundo dá muitas voltas e nada melhor do que ter um trunfo no momento certo.

Gostaram? Comentem! Quando comentarem deixo minha opinião sobre o assunto. Beijos a todos!