10.07.2005

Depois da tempestade...

O post de hoje é o título de uma música que o meu amigo Dante Graça escreveu e eu dei uma contribuída pra finalizar. Fala daquela situação em que a gente levou um fora, ficou mal pacas, mas acorda e percebe que existe uma luz no fim do túnel, que a gente ainda vive e pode sempre recomeçar.

DEPOIS DA TEMPESTADE
(Dante Graça/Beto Bellini)

Você me deu adeus e veio a tempestade
Do céu caíam lágrimas que me traziam saudade
De uma história assim tão breve como chuva de verão
Você passou por mim com a força de um furacão
Foi uma tormenta, muito mais que um vendaval
só a natureza entendeu que o meu amor era real

Mas a chuva passa e o vento cessa
Depois da tempestade as lágrimas secam e nada foi em vão...

Pois a chuva passa e o céu se abre
Depois da tempestade, outra vez o sol aquece a emoção

Eu não vou deixar, não... pintar meu céu de gris, ficar na escuridão
Se preciso for, além das nuvens vou voar
Roubar a lua e as estrelas só pra me iluminar

São meras estações, paixões que vem e vão
Depois da tempestade, sempre vem a calma
Depois da tempestade, um amor de verdade
Sempre invade a alma, e toma o coração


Bom fim de semana a todos!

2 comentários:

  1. Cara, essa letra ficou muito bacana. Quero ser a PRIMEIRA, e digo mais, PRIMEIRA, a ouvir qd tiver pronta. Rá!

    Ei, é isso mesmo... Tudo passa, né? Bola pra frente. Uen!

    Beijo pra tu

    ResponderExcluir
  2. Bicho, é bom demais iniciar essa parceria musical com um cara como vc, de verdade. Sintonia total, respeito e admiraçao mútuos, percebo que isso tem td pra dar certo!

    Essa já ficou foda e nem te conto q to escrevendo outra agora...SANTA INSÔNIA!

    hahahaah

    falooow

    ResponderExcluir